Três suspeitos morrem em confronto com a Polícia Militar, em Goianésia, nas últimas 24h

Três suspeitos morrem em confronto com a Polícia Militar, em Goianésia, nas últimas 24h

- emGoianésia, Goiás, Polícia
Foto: divulgação/Polícia Militar

 

 

Nas últimas 24h a cidade de Goianésia registrou o óbito de três indivíduos após confrontos com a Polícia Militar. A primeira morte aconteceu no Jardim Esperança, na quarta-feira (06). Já a segunda e terceira aconteceram na zona rural da cidade, durante ocorrência nesta quinta-feira (07).

De acordo com informações, O GPT (Grupo de Patrulhamento Tático) recebeu denúncias da ROTAM e da Polícia Militar do Distrito Federal de que um veículo Ford SR Deserter, placas JED-1248, havia sido furtado na noite da quarta-feira (06) e que os suspeitos estavam se deslocando para a região de Goianésia.

A partir das informações, os policiais intensificaram o patrulhamento nas imediações da cidade e sua zona-rural. Em uma estrada vicinal, próximo à Limagrain, a equipe do GPT avistou um veículo com as mesmas características do carro furtado. Os policiais tentaram realizar abordagem, porém o condutor do veículo empreendeu fuga. Os militares realizaram o acompanhamento do veículo e em determinado momento os suspeitos começaram a efetuar disparos de arma de fogo contra a viatura.

A equipe solicitou apoio e preparou um cerco. Os policiais alvejaram um dos pneus do carro e forçaram sua parada, entretanto os suspeitos saíram do veículo realizando mais disparos de arma de fogo. Os militares revidaram e acertaram os dois indivíduos. Eles foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros e conduzidos ao Hospital Municipal Irmã Fanny Duran, onde não resistiram aos ferimentos e foram a óbito.

Conforme a PM, os suspeitos possuíam duas armadas de fogo calibre 38, que foram apreendidas juntamente com veículo, que estava com a placa adulterada (HPL-7264).

Confronto no Jardim Esperança

Na quarta-feira (06), no final da manhã, a Polícia Militar realizava patrulhamento pela Rua Embira Branca, no Jardim Esperança, quando avistou um jovem, de 18 anos, em atitude suspeita, com um volume na cintura.

Os militares tentaram abordagem, entretanto o jovem evadiu, entrando em quintais. Quando o suspeito foi alcançado pelos policiais sacou uma arma de fogo, calibre 32, e realizou disparos. A PM revidou e acabou atingindo o jovem, que foi levado ao Hospital Municipal pelo Corpo de Bombeiros. Ele não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Conforme a PM, a arma do suspeito tinha três munições picotadas e três deflagradas, ela foi apreendida e entregue à Delegacia de Polícia Civil.

Comentários

Destaque

No dia do Servidor Público, 28 de outubro, SINDAVALE publica nota de agradecimento aos servidores públicos de Ceres

    Neste dia 28 de outubro –