Segurança é detido suspeito de atirar contra clientes que estavam demorando a sair de pousada em Goianésia

Segurança é detido suspeito de atirar contra clientes que estavam demorando a sair de pousada em Goianésia

- emGoianésia, Goiás, Polícia
Foto: divulgação/Polícia Militar

 

 

O segurança de uma pousada foi detido pela Polícia Militar, em Goianésia, na última segunda-feira, 16, como suspeito de atirar contra clientes que estavam demorando a sair do estabelecimento. Com o homem, uma arma de fogo e munições foram apreendidas.

Uma das vítimas (um homem de 49 anos) relatou à polícia que estava em um momento de lazer com a família na pousada e que não sabia o horário que o estabelecimento fechava, até que foi abordado pelo segurança do local que lhe informou que seria às 18h.

O homem contou que de imediato começou a recolher seus pertences, mas que levou tempo, pela quantidade de objetos. Enquanto recolhia, o segurança apagou as luzes do local, deixando todos no escuro.

A vítima religou a energia e continuou a recolher suas coisas, neste momento, o segurança teria se aproximado e efetuado um disparo de arma de fogo em sua direção. Ainda segundo os relatos, a mulher e as crianças que o acompanhavam se desesperaram e correram, sendo que o segurança teria efetuado mais um disparo, desta vez em direção à família.

A polícia foi acionada e se deslocou até a pousada, onde encontrou o segurança, que questionado sobre os fatos não demonstrou resistência. Conforme a polícia, o homem confessou os disparos e mostrou onde estava a arma (uma pistola 380). Os policiais também encontraram outros materiais bélicos de preparo para caça, como: espoletas, chumbo, pólvora e cartuchos de calibre 32.

Diante dos fatos, os envolvidos foram levados para a Delegacia de Polícia Civil de Goianésia para os procedimentos cabíveis.

 

 

Comentários

Destaque

No dia do Servidor Público, 28 de outubro, SINDAVALE publica nota de agradecimento aos servidores públicos de Ceres

    Neste dia 28 de outubro –