Rianápolis, Santa Isabel, Ipiranga e outras cidades poderão deixar de existir conforme proposta do Governo Federal: confira

Rianápolis, Santa Isabel, Ipiranga e outras cidades poderão deixar de existir conforme proposta do Governo Federal: confira

- emGoiás, Pelo Brasil, Política

 

 

Pacto Federativo, que foi entregue nesta terça-feira, 5, pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, e pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, prevê a redução do número de municípios com a restrição para a criação de novas cidades e a incorporação pelo município vizinho de cidades com menos de 5.000 habitantes e com arrecadação própria menor que 10% de sua receita total.

O governo não informou, até o momento, quantas localidades seriam atingidas pela nova regra. Segundo o secretário de Fazenda do ministério da Economia, Waldery Rodrigues Junior, 1.254 cidades tem o potencial de serem atingidas. A extinção dos municípios que tivessem dentro desses requisitos aconteceria a partir de 2026, caso a PEC do Pacto Federativo seja aprovada.

Questionado sobre a medida ser um dos pontos para desidratação do pacto federativo, devido à impopularidade do tema nas vésperas das eleições municipais de 2020, o ministro Paulo Guedes afirmou que é um tema que o Congresso terá que discutir. “Quem é que tem que resolver se município é com 5 mil, 10 mil pessoas? Sou eu ou o Congresso? Não sabemos qual é o tamanho ideal então é um tema legítimo para o Congresso discutir”, afirmou.

Segundo Guedes, houve nos últimos anos uma proliferação de municípios, criando desequilíbrios fiscais, porque há mais entes para que o dinheiro seja dividido. Em 1991, eram 4.491 municípios. Esse número subiu para 5.507 em 2000, 5.565 em 2010 e a 5.570, na estimativa de 2018 do IBGE.

 Texto: reprodução/Veja

Veja a lista com 94 cidades de Goiás que podem deixar de existir:

1 — Divinópolis de Goiás / 4.804 habitantes

2 — Santo Antônio da Barra / 4.821 habitantes

3 —Rianápolis / 4.801 habitantes

4 — Itaguari / 4.676 habitantes

5 — Turvânia / 4.598 habitantes

6 — Itajá / 4 605 habitantes

7 — Montividiu do Norte / 4 449 habitantes

8 — Novo Planalto / 4 445 habitantes

9 — Mossâmedes / 4 377 habitantes

10 — Rio Quente /  4 371 habitantes

11 — Matrinchã / 4 366 habitantes

12 — Formoso / 4 325 habitantes

13 — Bonópolis / 4 316 habitantes

14 — Aporé / 4 163 habitantes

15 — São Miguel do Passa Quatro / 4 032 habitantes

16 — Portelândia / 4 000 habitantes

17 — Guarani de Goiás / 3 940 habitantes

18 — Porteirão / 3 830 habitantes

19 — Varjão / 3 816 habitantes

20 — Santa Isabel / 3 803 habitantes

21 — Ouro Verde de Goiás / 3 797 habitantes

22 — Mutunópolis / 3 793 habitantes

23 — Amaralina / 3 778 habitantes

24 — Caldazinha / 3 759 habitantes

25 — Gameleira de Goiás / 3 753 habitantes

26 — Heitoraí / 3 714 habitantes

27 — Edealina / 3 710 habitantes

28 — Brazabrantes / 3 659 habitantes

29 — Campinaçu / 3 649 habitantes

30 — Hidrolina / 3 622 habitantes

31 — Campestre de Goiás / 3 610 habitantes

32 — Palminópolis / 3 589 habitantes

33 — Araçu / 3 560 habitantes

34 — Taquaral de Goiás / 3 537 habitantes

35 — Trombas / 3 501 habitantes

36 — Cromínia / 3 500 habitantes

37 — Castelândia / 3 464 habitantes

38 — Palestina de Goiás / 3 460 habitantes

39 — Santa Tereza de Goiás / 3 431 habitantes

40 — Teresina de Goiás / 3 416 habitantes

41 — Colinas do Sul / 3 404 habitantes

42 — Santa Rita do Novo Destino / 3 331 habitantes

43 — Damianópolis / 3 315 habitantes

44 — Buritinópolis /  3 302 habitantes

45 — Nova Roma / 3 293 habitantes

46 — Estrela do Norte / 3 286 habitantes

47 — Professor Jamil / 3 243 habitantes

48 — Amorinópolis / 3 185 habitantes

49 — Aurilândia / 3 184 habitantes

50 — Perolândia / 3 116 habitantes

51 — Urutaí / 3 078 habitantes

52 — Novo Brasil / 2 985 habitantes

53 — Sítio d’Abadia / 2 977 habitantes

54 — Cristianópolis / 2 968 habitantes

55 — Damolândia / 2 923 habitantes

56 — Nova Iguaçu de Goiás / 2 923 habitantes

57 — Jaupaci / 2 898 habitantes

58 — Ipiranga de Goiás / 2 893 habitantes

59 — Santa Cruz de Goiás / 2 892 habitantes

60 — Cumari / 2 871 habitantes

61 — Uirapuru / 2 868 habitantes

62 — Três Ranchos / 2 837 habitantes

63 — Israelândia / 2 815 habitantes

64 — Arenópolis / 2 689 habitantes

65 — Panamá / 2 627 habitantes

66 — Mimoso de Goiás / 2 612 habitantes

67 — Adelândia / 2 517 habitantes

68 — Buriti de Goiás / 2 501 habitantes

69 — Diorama / 2 488 habitantes

70 — Aparecida do Rio Doce / 2 474 habitantes

71 — Jesúpolis / 2 474 habitantes

72 — Campos Verdes / 2 459 habitantes

73 — Avelinópolis / 2 425 habitantes

74 — Ivolândia / 2 406 habitantes

75 — Santa Rosa de Goiás / 2 388 habitantes

76 — Palmelo / 2 380 habitantes

77 — Mairipotaba / 2 373 habitantes

78 — Córrego do Ouro / 2 364 habitantes

79 — Nova América / 2 346 habitantes

80 — Pilar de Goiás / 2 314 habitantes

81 — Morro Agudo de Goiás / 2 264 habitantes

82 — Marzagão / 2 223 habitantes

83 — Nova Aurora / 2 199 habitantes

84 — Davinópolis / 2 094 habitantes

85 — Guaraíta / 2 041 habitantes

86 — São Patrício / 2 035 habitantes

87 — Aloândia / 2 005 habitantes

88 — Água Limpa / 1 872 habitantes

89 — Guarinos / 1 852 habitantes

90 — Moiporá / 1 557 habitantes

91 — Lagoa Santa / 1 555 habitantes

92 — São João da Paraúna / 1 417 habitantes

93 — Cachoeira de Goiás / 1 361 habitantes

94 — Anhanguera / 1 137 habitantes

 

 

Comentários

Destaque

Jovem é detido, em Ceres, suspeito de tráfico de drogas

    Na última quinta-feira, 14, um jovem