Remoção de tatuagens: dermatolista Caroline Prohmann tira dúvidas sobre o tema

Remoção de tatuagens: dermatolista Caroline Prohmann tira dúvidas sobre o tema

Dermatologista Dra. Caroline Prohmann

Por Caroline Prohmann

A tatuagem ganhou proporções grandiosas na atualidade. Há muitos estilos, inúmeras técnicas, equipamentos diversos e várias plataformas e redes criadas para conectar o público tatuado.

Além das tatuagens profissionais, com finalidades artísticas, existem também aquelas cosméticas: as pigmentações utilizadas em sobrancelhas, para disfarçar olheiras, preencher falhas de cabelos em couro cabeludo e de pelos na barba.

Todavia, por vezes chega o momento em que a tatuagem não agrada mais. Seja porque representa algo que ficou no passado, porque tornou-se envelhecida, desbotada, está alargada ou até causou algum prejuízo profissional. E, quando nos deparamos com essa vontade de remover a tatuagem, fica a pergunta: “tem solução?”. A resposta é sim! Hoje em dia temos à disposição alguns lasers específicos para a remoção dos pigmentos da tatuagem em qualquer tipo de pele. Basicamente o que esses lasers fazem é fragmentar a tinta utilizada em partículas muito pequenas, que serão eliminadas pelo sistema imune.

Remoção de tatuagem com laser / Foto: reprodução

Mas atenção: nem toda tatuagem poderá ser removida completamente. Algumas vezes o resultado final possível é um clareamento importante, que permitirá fazer outra tattoo no local. Certas características da tatuagem determinam se ela tem potencial de ser totalmente eliminada e isso será levado em conta pelo dermatologista no momento da avaliação. Os principais atributos determinantes são: extensão do desenho, quantidade e qualidade dos pigmentos utilizados, tempo de existência e as cores utilizadas.

Algumas perguntas são bem frequentes em relação aos lasers para remoção de tatuagens. Então, aproveito para antecipá-las e respondê-las. Trata-se de um procedimento doloroso, mas pode ser realizado sob anestesia local e tornar-se indolor. As sessões são programadas com intervalos de 30 a 45 dias e a quantidade de sessões necessárias varia de acordo com o tipo de tatuagem. Cores como o branco, o amarelo e o azul são mais difíceis de serem retiradas. E ainda: se você acabou de fazer uma tatuagem e já se sente arrependido, deve esperar um tempo mínimo de 60 dias para agendar sua remoção.

Caso você tenha interesse em eliminar alguma tatuagem ou pigmentação, é primordial procurar um dermatologista capacitado, que irá avaliar e traçar um plano adequado. Afinal, o laser pode gerar queimaduras, cicatrizes hipertróficas e quelóides quando mal executado. Com o tratamento correto, você alcançará o resultado esperado.

Dermatologista Dra. Caroline Prohmann e Cirurgião plástico Dr. Paulo Costa

Dra. Caroline Prohmann
Dermatologista
Membro titular SBD
CRM-GO 25.614
RQE 13.673

Comentários

Destaque

Goiás deve começar vacinação contra a Covid-19 ainda nesta segunda-feira (18), conforme governador Ronaldo Caiado

. . Reprodução: G1 Goiás Governador do estado