Polícia Civil prende foragido da Justiça condenado por estuprar a enteada de 11 anos

Polícia Civil prende foragido da Justiça condenado por estuprar a enteada de 11 anos

- emGoianésia, Goiás, Polícia
Foto: divulgação/Polícia Civil

 

 

A Polícia Civil de Goianésia prendeu na madrugada desta quinta-feira, 04, um foragido da Justiça que estava escondido na região Oeste da cidade. O homem, que não teve a identidade divulgada, foi condenado a 21 anos de prisão por ter estuprado a enteada de 11 anos – na época.

De acordo com informações da Polícia Civil, o crime teria ocorrido em uma fazenda da zona rural de Barro Alto há cerca de 10 anos. A vítima, uma criança de apenas 11 anos na época, seria enteada do acusado. O homem ficou 6 anos preso, ganhou direito ao regime semiaberto, porém, ao descumpri-lo, passou a ser considerado foragido de Justiça.

Ainda segundo a Polícia Civil, o acusado fugiu para Goianésia, local onde ninguém o conhecia e na cidade constituiu uma nova família. A polícia chegou ao suposto estuprador depois que recebeu uma denúncia anônima no “Disque Denúncia”, implantado pela PC recentemente.

Após receber a informação, os policiais iniciaram a averiguação no intuito de saber se realmente o foragido residia no endereço informado. A campana durou cerca de 12 horas e sua prisão foi efetuada durante a madrugada, no momento em que ele saía da residência.

Segundo a polícia, ao ser abordado ele não esboçou nenhuma reação e confirmou a veracidade dos fatos. O homem foi levado para a Delegacia de Polícia Civil de Goianésia, foi ouvido e deverá ser encaminhado para o presídio de Barro Alto.

Comentários

Destaque

Prefeitura de Rialma presta homenagem e decreta luto pela morte do Dr. Valdevi Nepomuceno

    Com pesar, a Prefeira Municipal de