Polícia Civil investiga envenenamento de 20 cachorros na cidade de Ceres; 08 deles morreram

Polícia Civil investiga envenenamento de 20 cachorros na cidade de Ceres; 08 deles morreram

- emCeres, Goiás, Meio ambiente, Polícia
Foto: reprodução/ilustrativa

Por G1 Goiás

A Polícia Civil investiga um suposto envenenamento de 20 cães em Ceres, na região central de Goiás. Oito cachorros foram encontrados mortos e os demais conseguiram se recuperar após receberem socorro.

De acordo com a denúncia feita pelo dono de cinco desses cachorros, o comerciante Anderson Pereira Feitosa, de 52 anos, os cães comeram bolinhas de carne envenenadas. Ele conta que passou uma madrugada inteira tentando socorrer os animais.

“Duas da manhã eu ouvi os cachorros correndo para o portão e uns passos de gente. Corri para ver e encontrei um dos cachorros babando. Ligamos para o veterinário, que orientou a dar carvão ativado para limpar o veneno. A gente ficou até o dia amanhecer tentando socorrer os cachorros”, afirmou.

Anderson relata que seus cinco cachorros foram envenenados, mas, após a ajuda de um veterinário, conseguiu salvar a vida de dois deles. O comerciante afirma que está revoltado com a crueldade cometida contra os cães dele e vizinhos.

“A gente vacina o cachorro, cuida, compra ração cara. Meu primo que mora aqui do lado, a cachorra era da avó, deitava na cama com ele, está muito abalado. A gente fica indignado. É triste, dói no coração da gente. É como se fosse uma pessoa da família”, lamentou Anderson.

O comerciante acredita que o envenenamento dos cães dele e de vizinhos esteja ligado a uma onda de furtos que vem acontecendo na cidade. “Houve uns furtos na cidade, e a gente sabe que os cachorros ajudam a impedir”, disse.

Investigação

O delegado responsável pelo caso, Matheus Costa Melo, informou, na manhã desta terça-feira (28), que já tem conhecimento do caso e que agentes já estão em busca dos donos dos animais para colher depoimentos e, assim, iniciar uma investigação para encontrar o possível autor dos envenenamentos.

A denúncia foi protocolada na Secretaria de Meio Ambiente da cidade, na segunda-feira (27). O secretário Celso Henrique de Souza disse que, além de Anderson, outros dois vizinhos procuraram a secretaria com a mesma denúncia. Segundo ele, ao todo, 20 cães foram envenenados, sendo que oito deles não resistiram e morreram.

Celso Henrique afirmou, ainda, que o envenenamento aconteceu na madrugada da última terça-feira (21), mas que só nesta segunda-feira tiveram conhecimento dos fatos. Um relatório foi feito e encaminhado à Polícia Civil.

“Foram envenenados 20 cães em três residências, oito morreram. Foram envenenados com carne. Como não tem mais vestígios, foram enterrados. Estamos com posse de fotos e vídeos. Fizemos um relatório que foi repassado na manhã desta terça-feira para a Polícia Civil investigar”, relatou o secretário.

Comentários

Destaque

Prefeitura de Rialma decreta luto oficial de 03 dias pelo falecimento de ex-servidora do município vítima de Covid-19

    A Prefeitura Municipal de Rialma, por