Polícia Civil de Goianésia desarticula quadrilha especializada em aplicar golpes usando mídias sociais

Polícia Civil de Goianésia desarticula quadrilha especializada em aplicar golpes usando mídias sociais

- emGoianésia, Goiânia, Goiás, Polícia

 

 

A Polícia Civil de Goianésia deflagrou na tarde da última quarta-feira, 25, a operação “Era uma vez em Cheverny”. A operação, que contou com o apoio de policiais da Delegacia de Jaraguá, Delegacia de Caldas Novas, DENARC, DIH e GOI, desarticulou uma quadrilha de estelionatários especializada em aplicar golpes usando mídias sociais.

O grupo anunciava veículos em grupos de WhatsApp e Facebook se passando por revendedores nas ditas “garagens de veículos”. Eles diziam fazer parte de empresas legais, com muitos anos de mercado e apresentavam nomes empresariais diversos. Para evitar serem identificados, faziam uso de nomes pessoais fictícios também.

Quando os interessados faziam contato, os criminosos solicitavam parte do valor do veículo, representando uma entrada, que seria utilizado para cobrir despesas relacionadas a confecção de documentos, transferência e transporte do veículo para a cidade do “comprador”. Depois que os estelionatários identificavam a quantia depositada nas contas bancárias eles encerravam o contato.

Em Goiânia os suspeitos mantinham a sede organizada da quadrilha; um apartamento onde todos os envolvidos se reuniam quase diariamente para a realização dos crimes.

A Polícia Civil calcula, que durante as investigações, o grupo tenha arrecadado aproximadamente R$ 250.000,00, que eram gastos pelos bandidos para manter vidas de luxo. Inclusive parte do grupo foi presa na cidade de Caldas Novas, onde estavam passando a semana em um condomínio de alto padrão.

No apartamento de Goiânia foram encontrados documentos falsos, aparelhos celulares e eletrônicos, comprovantes bancários e uma arma de fogo. Foram apreendidos ainda dois veículos de elevado valor aquisitivo, um BMW e um Honda. Ao todo foram cumpridos 4 mandados de prisão e outros 4 de busca e apreensão nas cidades de Goiânia e Caldas Novas.

Todos os envolvidos foram conduzidos para a Delegacia de Goianésia, onde serão ouvidos e colocados à disposição do Poder Judiciário.

Comentários

Destaque

Irmãos de Goianésia morrem em confrontro com a Polícia Militar de Uruaçu

    Dois irmãos de Goianésia morreram em