Polícia Civil de Ceres prende suspeito de ter matado a própria mãe, em São Patrício, e ter participado do velório

Polícia Civil de Ceres prende suspeito de ter matado a própria mãe, em São Patrício, e ter participado do velório

- emCeres, Goiás, Polícia, São Patrício
Investigado / Foto: reprodução

 

 

 

Policiais Civis do Estado de Goiás, através da 10ª Delegacia Regional, cumpriram na manhã desta segunda-feira, 12 de outubro de 2020, mandado de prisão preventiva em desfavor de Edivaldo Silva de Oliveira, investigado por ter matado a própria mãe, Laura Pereira de Oliveira, de 71 anos, na madrugada do último sábado, 10 de outubro, na cidade de São Patrício (GO).

De acordo com informações do Delegado Matheus Costa Melo, no início da noite do sábado o suspeito chegou a ser conduzido para a Delegacia de Polícia, mas como estavam ausentes os requisitos para a autuação em flagrante, ele foi interrogado, confessou o crime, mas teve que ser liberado. Assim, o delegado plantonista, Dr. Nelinho José de Almeida, de imediato representou pela prisão preventiva do suspeito, que foi decretada pelo Poder Judiciário.

Na manhã desta segunda-feira (12), uma equipe de Policiais Civis de Ceres, coordenados pelo Delegado Matheus Melo, desencadearam operação na cidade de São Patrício, localizaram e prenderam o investigado. O preso foi submetido a relatório médico e posteriormente foi recolhido na Unidade Prisional de Uruana, onde está à disposição do Poder Judiciario.

Crime

A Polícia Militar foi acionada na madrugada do sábado (10) para atender uma ocorrência de homicídio na cidade de São Patrício. Segundo as informações da PM, no local do fato foi encontrada a vítima, de 71 anos, deitada na cama, toda ensanguentada, com sinais de facadas e violência.

O investigado é o próprio filho da vítima, que confessou ter desferdio as facadas no peito da mãe. O homem disse que se arrependeu. Ele foi visto durante todo o velório de Laura Pereira, que aconteceu no sábado (10).

A motivação do crime será investigada pela Polícia Civil, mas parentes da vítima relataram que Edivaldo, que morava com a mãe, tinha o costume de exigir dinheiro e ser agressivo com a idosa.

Local do crime / Foto: reprodução

Comentários

Destaque

Prefeitura de Rialma presta homenagem e decreta luto pela morte do Dr. Valdevi Nepomuceno

    Com pesar, a Prefeira Municipal de