Mulher morre após ser atropelada em Goianésia – Condutor ainda teria dado ré e passado por cima da vítima novamente durante fuga

Mulher morre após ser atropelada em Goianésia – Condutor ainda teria dado ré e passado por cima da vítima novamente durante fuga

Vítima / Foto: reprodução

 

 

Na manhã deste domingo (23) uma mulher morreu após ser atropelada na Avenida Bahia, em Goianésia. O caso aconteceu por volta das 05h58, no Bairro São Cristóvão.

De acordo com informações, Marly Dias de Bessa, de 37 anos, foi atropelada, juntamente com um grupo de pessoas, por um homem de 30 anos, que dirigia um Chevrolet Vectra – de cor preta.

Marly sofreu múltiplas fraturas e queimaduras. Ela foi socorrida pelo Corpo de Bombeiro e posteriormente encaminhada para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Goianésia, onde não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Marly, que era moradora de Jaraguá, sofreu contusão no rosto, tórax e no braço direito. Teve fratura na coxa e pé esquerdo, esmagamento de orelha e queimadura de 2º grau nas pernas.

Conforme testemunhas, o suspeito do atropelamento estava em alta velocidade e atropelou o grupo de pessoas. Ainda segundo as testemunhas, ao dar ré para fugir, ele passou novamente com o carro por cima da vítima, agravando as lesões. Nenhuma outra pessoa se feriu. O condutor foi detido pela Polícia Militar e levado para a Delegacia de Polícia Civil.

 

Comentários

Destaque

Prefeitura de Rialma interdita casa de shows por permitir evento com intensa aglomeração durante o final de semana

    A Prefeitura de Rialma, através da