Médicos confirmam a morte de Patrícia Costa, moradora de Ceres, vítima de dengue hemorrágica

Médicos confirmam a morte de Patrícia Costa, moradora de Ceres, vítima de dengue hemorrágica

- emCeres, Goiás, Saúde
Foto: reprodução

 

 

Por volta das 02h30 da madrugada desta quinta-feira, 28, a morte de Patrícia Maria Costa, funcionária da prefeitura de Ceres e moradora da cidade, foi confirmada pela equipe médica do Hospital Jardim América, em Goiânia. Patrícia estava em estado gravíssimo com dengue hemorrágica.

De acordo com informações, Patrícia estava na U.T.I., teve embolia pulmonar e pneumonia, tendo até mesmo complicações no cérebro. Na noite da quarta-feira, 27, familiares chegaram a informar seu falecimento, com morte cerebral, porém, foi necessário um novo exame e outros laudos. A morte de Patrícia só foi constatada e oficializada às 02h30 da manhã. O corpo de Patrícia será encaminhado para Ceres e velado na Igreja de Cristo, ainda sem previsão de horário.

Entenda o caso

O caso de Patrícia começou no dia 19 de fevereiro, quando ela foi internada em um hospital de Ceres com suspeita de dengue. Na sexta-feira, 22, a vítima recebeu alta. Em casa, Patrícia sentiu fortes dores na perna esquerda e apresentou vermelhidão no local, voltando no sábado, 23, ao hospital. Após exames mais precisos foi constatada a dengue hemorrágica. Patrícia foi levada para o Hospital Jardim América, em Goiânia, onde faleceu na madrugada desta quinta-feira, 28.

Fique alerta

Na dengue hemorrágica o quadro clínico se agrava rapidamente, apresentando sinais de insuficiência circulatória.

Os sintomas da dengue hemorrágica são os mesmos sintomas da dengue clássica, a diferença é que surgem hemorragias em função do sangramento de pequenos vasos na pele e nos órgãos internos. Veja os sinais de alerta:

  • Dores abdominais fortes e contínuas
  • Vômitos persistentes
  • Pele pálida, fria e úmida
  • Sangramento pelo nariz, boca e gengivas
  • Manchas vermelhas na pele
  • Comportamento variando de sonolência à agitação
  • Confusão mental
  • Sede excessiva e boca seca
  • Dificuldade respiratória
  • Queda da pressão arterial.

 

Comentários

Destaque

Aluno planejava ataque em escola de Uruaçu, tinha armas de fogo em casa e detalhes escritos

    Um menor de idade foi apreendido