Jovem baleado na cabeça em Ceres não resiste aos ferimentos e morre – Suspeitos do crime são presos

Jovem baleado na cabeça em Ceres não resiste aos ferimentos e morre – Suspeitos do crime são presos

- emCeres, Goiás, Polícia
Fotos: reprodução

 

 

Ronaldo Divino Caetano Júnior, de 26 anos, jovem que foi alvejado por disparos de arma de fogo na cabeça, na tarde deste domingo, 27 de dezembro, em Ceres, não resistiu aos ferimentos e morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA). O fato aconteceu no Setor Conjunto Bernardo Sayão, na Avenida Goiás, por volta das 15h.

De acordo com informações do delegado de Polícia Civil Nelinho José de Almeida, os suspeitos do crime foram presos pela Polícia Militar. Conforme o registro da polícia, os suspeitos confessaram o crime. L. S. N. C., de 18 anos, é o suspeito de atirar contra a vítima e J. S. G, de 23 anos, disse à polícia que apenas presenciou o crime.

Segundo o relato dos suspeitos, Ronaldo ao vê-los no setor tentou expulsá-los, dizendo que os mesmos estavam “invadindo território”. Uma discussão foi iniciada e Ronaldo atingiu os suspeitos com pedradas. Após a agressão, L.S.N.C. foi até sua casa e pegou uma garrucha e três munições. Ele voltou ao local e efetuou três disparos, sendo que dois deles atingiram a cabeça de Ronaldo.

À polícia, o suspeito de efetuar os disparos disse que havia descartado a arma próximo à um matagal. Buscas foram feitas, mas a arma não foi encontrada. Já em sua posse foi encontrado R$ 615,00 em espécie, maconha e um aparelho celular.

Os dois indivíduos foram conduzidos à Delegacia de Polícia Civil e posteriormente encaminhados para a Unidade Prisional, onde ficarão à disposição da Justiça.

 

Comentários

Destaque

Ceres já tem primeiro imunizado com a vacina CoronaVac, que acaba de chegar ao município

    A Prefeitura de Ceres confirmou, através