Homem é preso suspeito de cortar a orelha do patrão, em Jaraguá, após ele se negar a dar adiantamento de R$ 20,00

Homem é preso suspeito de cortar a orelha do patrão, em Jaraguá, após ele se negar a dar adiantamento de R$ 20,00

- emGoiás, Jaraguá, Polícia
Foto: Polícia Civil/Divulgação

.

.

Um funcionário de 63 anos foi preso suspeito de cortar a orelha do patrão, de 43 anos, por ele se negar a dar um adiantamento de R$ 20,00, conforme a Polícia Civil. A delegada Alanna Duarte, responsável pelo caso, disse que o suspeito trabalhava como caseiro há mais de 12 anos e que a vítima corre o risco de ter perda auditiva por causa da lesão.

“De acordo com o relatório médico, a vítima teve uma lesão gravíssima. O médico acredita que futuramente ele possa ter perda de audição. Ele teve quase 50% de corte da orelha. Uma semi-amputação, como consta no relatório.”, disse a delegada.

O caso aconteceu no último domingo (8) em uma fazenda às margens da GO -080, em Jaraguá, na região Central de Goiás. Uma testemunha relatou à polícia que o funcionário esperou o patrão dormir para cortá-lo com uma faca. De acordo com a corporação, o suspeito havia ingerido bebidas alcoólicas e os dois entraram em luta corporal.

Após a briga, o homem foi socorrido e levado por amigos ao Hospital Regional de Jaraguá. Ele passou por uma cirurgia de reconstrução da orelha e foi liberado para seguir tratamento em casa, conforme o relatório médico enviado à Polícia Civil.

Foto: Polícia Civil/Divulgação

Reprodução: G1 Goiás

Comentários

Destaque

Saúde Infantil: Prefeitura de Ceres realiza Funcional Kids no Parque Curumim

    A Prefeitura de Ceres, por meio