Homem é preso em Ceres após fazer várias ligações para a PM e chamar até policial de “meu xuxu”

Homem é preso em Ceres após fazer várias ligações para a PM e chamar até policial de “meu xuxu”

- emCeres, Goiás, Polícia
Foto: divlgação/Polícia Militar

 

 

Um homem foi preso na cidade de Ceres nesta quarta-feira, 26 de agosto, após fazer várias ligações para a Polícia Militar, entre às 11h e 12h.

De acordo com as informações, ele xingava os policiais, dizia ser criminoso e em dado momento chamou uma policial de “meu xuxu” e disse que queria ser preso por ela.

Conforme o Registro de Atendimento Integrado (RAI) da Corporação, o homem dizia: Se eu chamar vocês de pau no c*, vocês vêm me prender?! Pois fiquem sabendovocês são todos pau no c*. Soldado Peixoto (mulher), toma seu rumo, sua gostosa! Sou bandido, traficante, tenho 157, estou me entregando. Quero que você venha me prender. Ouviu o que eu disse?! Vem logo! Eu só vou se você vier.

A ligação foi encerrada, pois a polícia percebeu que se tratava de um trote. Entretanto, o homem não satisfeito ligou novamente. Desta vez, uma policia civil atendeu, mas o homem disse que não queria falar com ela, apenas com a soldado Peixoto.

A polícia ainda recebeu outras duas ligações do mesmo número, sendo que na primeira delas o homem desligou e na outra falou com a soldado Peixoto, momento em que disse: Meu xuxu, lembra que eu te liguei mais cedo?! Você não vai vir me prender?! Tô te esperando. Sou bandido forte tenho 33,157 e se você não vier eu vou matar uma mulher”.

A policial perguntou o nome do homem e quem ele iria “matar”. Ele respondeu que se chamava “Eltim”, informou seu endereço e disse que iria matar a mãe de seu filho, pois a mesma não estaria permitindo que ele e o menino se vissem.

Uma equipe foi até o local informado e encontrou nas proximidades um homem que se apresentou com o mesmo nome. Questionado sobre as ligações, o homem disse que só estava brincando. Ele acabou detido, encaminhado para o Hospital Pio X, para exames de corpo de delito, e posteriormente para a Delegacia de Polícia Civil de Ceres.

A caminho do hospital, o homem ainda teria proferido palavrões e ameaças contra a equipe policial, dizendo: Seus filhos da puta, vocês vão ver o que eu sou capaz de fazer. Vocês não sabem com quem estão mexendo. 

Na Delegacia ficou constatado que o homem também fez várias ligações durante a terça-feira, 25 de agosto, para a Polícia Civil. Após os procedimentos cabíveis, ele ficou à disposição da Justiça.

Comentários

Destaque

Prefeitura de Rialma presta homenagem e decreta luto pela morte do Dr. Valdevi Nepomuceno

    Com pesar, a Prefeira Municipal de