Homem é morto em confronto com o GPT na noite desta segunda-feira (01)

Homem é morto em confronto com o GPT na noite desta segunda-feira (01)

- emGoiás, Jaraguá, Polícia, Rianápolis
Betão / Foto: reprodução

 

 

Um homem foi morto pelo GPT (Grupo de Patrulhamento Tático) na noite desta segunda-feira, 01, no Setor Jardim Ana Edith, em Jaraguá. De acordo com informações, o Corpo de Bombeiros foi acionado para socorrer Roberto Andrade Tostes, popularmente conhecido como “Betão”, por volta das 23h.

Segundo apurado pelo jornalista Wellington Marques, o GPT estava em uma ocorrência de tráfico de drogas e organização criminosa quando aconteceu o confronto. O local, na Rua do Corredor, próximo ao Milionários Jaraguá Clube, funcionava como ponto de tráfico e distribuição de drogas.

Ao chegar no endereço, a equipe do GPT foi recebida à balas e precisou revidar a agressão, atingindo Roberto Andrade, que não resistiu aos ferimentos e morreu. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas nada pôde fazer. Um segundo homem, que não teve a identidade divulgada, foi preso no interior da casa. No local foram encontradas drogas e armas de fogo.

Segundo informações, Betão já tinha passagens pela polícia. O local do confronto foi periciado e corpo do homem levado para o IML (Instituto Médico Legal) de Jaraguá. Betão era de Rianápolis, mas residia atualmente na cidade de Jaraguá.

 

Comentários

Destaque

Suspeito de matar amigo por causa de ex-namorada é preso em Jaraguá

    Um homem, de 32 anos, foi