Homem é morto em confronto com o GPT na noite desta segunda-feira (01)

Homem é morto em confronto com o GPT na noite desta segunda-feira (01)

- emGoiás, Jaraguá, Polícia, Rianápolis
Betão / Foto: reprodução

 

 

Um homem foi morto pelo GPT (Grupo de Patrulhamento Tático) na noite desta segunda-feira, 01, no Setor Jardim Ana Edith, em Jaraguá. De acordo com informações, o Corpo de Bombeiros foi acionado para socorrer Roberto Andrade Tostes, popularmente conhecido como “Betão”, por volta das 23h.

Segundo apurado pelo jornalista Wellington Marques, o GPT estava em uma ocorrência de tráfico de drogas e organização criminosa quando aconteceu o confronto. O local, na Rua do Corredor, próximo ao Milionários Jaraguá Clube, funcionava como ponto de tráfico e distribuição de drogas.

Ao chegar no endereço, a equipe do GPT foi recebida à balas e precisou revidar a agressão, atingindo Roberto Andrade, que não resistiu aos ferimentos e morreu. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas nada pôde fazer. Um segundo homem, que não teve a identidade divulgada, foi preso no interior da casa. No local foram encontradas drogas e armas de fogo.

Segundo informações, Betão já tinha passagens pela polícia. O local do confronto foi periciado e corpo do homem levado para o IML (Instituto Médico Legal) de Jaraguá. Betão era de Rianápolis, mas residia atualmente na cidade de Jaraguá.

 

Comentários

Destaque

Instituto Ubuntu, de Rialma, irá realizar live no domingo (29) com mãe do cantor Emicida, ganhador de um Grammy Latino em 2020: saiba mais e participe

    O Instituto Ubuntu, sediado na cidade