Criança de 7 anos é estuprada pelo ex-padrasto em Carmo do Rio Verde

Criança de 7 anos é estuprada pelo ex-padrasto em Carmo do Rio Verde

- emCarmo do Rio Verde, Goiás, Polícia
(Foto: reprodução)

 

 

Uma criança de 7 anos foi estuprada pelo ex-padrasto na noite do último sábado (5), em Carmo do Rio Verde. A mãe da menina flagrou o momento em que o ex abusava da filha e denunciou o caso na Polícia Civil (PC). O suspeito está foragido.

O delegado responsável pela investigação, Ricardo Pereira Alvares, contou que a mãe estava separada do suspeito, mas os dois eram vizinhos. “O rapaz chegou a ir até a casa da ex e pediu para tomar um banho, mas a mulher negou. Ele então retornou para a casa e, posteriormente, quando a mãe da criança havia ido até a casa da vizinha, pegou a criança e a levou para sua casa onde os abusos aconteceram”, disse o delegado.

Quando chegou em casa a mãe notou que a filha não estava na residência e foi até a casa do ex. No local ela flagrou o homem abusando da filha. Desesperada, a mulher entrou em luta corporal com o suspeito, que entrou em um veículo e fugiu.

A polícia recebeu denúncias de que o homem teria fugido para a cidade de Uruana, mas ele não foi localizado. A criança passou por exames médicos e, segundo o delegado, foi comprovado vestígios dos abusos na genitália da vítima.

Um inquérito foi instaurado para investigar o crime. O delegado vai ouvir testemunhas e tentar localizar o suspeito. Caso seja preso, o homem poderá responder pelo crime de estupro de vulnerável.

Comentários

Destaque

Polícia Civil de Ceres prende suspeito de descumprir medida protetiva após ser acusado de violência familiar

    Policiais Civis do Estado de Goiás,